Blog

13
Apr
2008

responda

Vento Gelado

Ele traz o inverno, toma as nozes do outono e as esconde, esconde também o sol.[...]

03
Mar
2008

responda

Não se trata de escolhas…

Podemos ir a um lugar distante,
viajar atravessando rios,
encarando o vento,
em busca de paz
ou de algo maior.[...]

27
Dec
2007

responda

A mulher e a criança

Ela era uma mulher muito má, e devorou a criança! Para sempre ela viveu, e para sempre esteve a criança chorando em seu estômago… choro que só era ouvido pelas pessoas que passavam perto.

17
Dec
2007

responda

Lágrima

Escrevi isso em 2005 inspirado por um conto de Francis Ponge.

04
Nov
2007

3 respostas

A Tília

A história de Tílio, um velho solitário e resmungão.

13
Oct
2007

responda

Os olhos que vêem as cores

Quando eu tentei fechar os olhos e não ver a poesia, tentei olhar o vaso de plantas como simplesmente uma coisa verde, tentei olhar as pimentas como meras bolinhas vermelhas… vôou um pequeno inseto pela porta, parecia uma minúscula fada branca, ela vinha de uma direção, para onde eu olhei – ouvi um ruído vindo de lá!

20
Sep
2007

responda

Pequenino

Pequenino escondido, entre folhas de uma planta seca, observa, escuta e aprende.

Vê as cores caindo, como chuva, carregadas pelo vento.

Sente saudade, sente remorso, sente medo.[...]

29
Jul
2007

2 respostas

O Dragão Branco

Do alto da torre onde vigio, onde passo a maior parte do meu tempo, onde encontro informações preciosas, posso ver toda manhã, no norte, o dragão branco. [...]

14
Jul
2007

responda

Montanha

Quando o sacrificado se torna uno a seu deus, sobre a vida e morte de um montanha.

08
Jun
2007

responda

A Vassoura que não sabia dançar

Um conto infantil…
Quem sabe eu volte a escrever como escrevia antes.
Este conto é parte de um trabalho do curso, tive que enfrentar meus dragões, matar uma boa parte deles, e voltar a juntar palavras.

Página 2 de 212


Portfólio

Blog

13
Dec
2010

Daniel E.

“Meu distúrbio, não diagnosticado pelos mais renomados especialistas, não aceito pelos filósofos e religiosos, torna insuportável a minha vida. Todos à minha volta temem a morte, eu temo o nascimento. Devo explicar a minha situação, porque não tenho amigos que saibam dela e pretendo terminar a minha vida de uma forma que me seja familiar [...]

continue lendo

Trançados