Blog

13
Dec
2010

1 resposta

Daniel E.

“Meu distúrbio, não diagnosticado pelos mais renomados especialistas, não aceito pelos filósofos e religiosos, torna insuportável a minha vida. Todos à minha volta temem a morte, eu temo o nascimento. Devo explicar a minha situação, porque não tenho amigos que saibam dela e pretendo terminar a minha vida de uma forma que me seja familiar [...]

18
Sep
2010

4 respostas

O Sequestro

Vou contar uma de minhas experiências mais absurdas: a de como eu descobri que minha consciência vive em meu coração, apenas nele, e em nenhuma outra parte de meu corpo. Infelizmente, foi também o dia em que ganhei uma cicatriz nele. Eu estava em meu quarto, limpando-o, e de repente senti: o corpo caindo no [...]

06
Jun
2010

responda

Microconto

Uma mulher muito má devorou a criança e para sempre viveu. Carrega o bebê em seu estômago, cujo choro só é ouvido por pessoas próximas.

08
May
2010

responda

Sincronia

O camarada chegou sorrateiramente. Forçou a maçaneta, porém não conseguiu abrir a porta. Não contara com isso quando planejara essa empreitada. Precisava que a sala de segurança estivesse destrancada para levar as fitas de vídeo que o incriminavam do roubo que acabara de fazer àquela joalheria. Precisava pensar, e rápido. Sabia que logo o segurança [...]

17
Apr
2010

responda

Conto: Conversa de ponto de ônibus

Era sábado, fim de tarde, Rafael estava ansioso e preferiu sair mais cedo de casa. Ia encontrar alguém.
Foi até o ponto de ônibus e lá esperava um casal gay, de mãos dadas, e um homem com expressão de poucos amigos, afastado, olhando a toda hora na direção que o transporte viria.
Logo que o casal saiu, o outro se aproximou de Rafael e começou a resmungar…

08
Dec
2009

6 respostas

Snu

Um dia estava olhando uma imagem, não sei ainda seu autor, e decidi tentar escrever um conto. Eu o considero meu primeiro conto. Hoje eu o reescrevi. Mas eu quero manter os dois comigo, talvez um dia reescreva de novo, e de novo.
O conto fala da eternidade, para mim.

01
Dec
2009

1 resposta

A pomba

Eu estava cansado e fui pro quintal. Sentei no banco e fiquei olhando a árvore e o jardim. Olhei para o paredão do vizinho, tinha uma pomba lá em cima, me olhando, não devia ser uma pomba normal

14
Nov
2009

2 respostas


Uma amiga especial

Tenho um dia guardado pra receber uma hóspede especial.

18
Jan
2009

3 respostas

Todo dia que vivo é uma morte

Quando o amor traz a morte, não a vida.

10
Dec
2008

responda

Do verão sem fim

O mundo estava quente e pessoas morriam de fome, sede e doenças do calor. Era um verão interminável.[...]

Página 1 de 212


Portfólio

Blog

13
Dec
2010

Daniel E.

“Meu distúrbio, não diagnosticado pelos mais renomados especialistas, não aceito pelos filósofos e religiosos, torna insuportável a minha vida. Todos à minha volta temem a morte, eu temo o nascimento. Devo explicar a minha situação, porque não tenho amigos que saibam dela e pretendo terminar a minha vida de uma forma que me seja familiar [...]

continue lendo

Trançados