Blog

09
Dec
2010

1 resposta

Ladrilho

Cada amor que sentia lhe custava parte da alma. Cada carinho que oferecia deixava ali parte de si. Pena para ele que nutria apreço não apenas por humanos. Viajava, pelos lugares se apaixonava; dançava, pela música se afeiçoava; sentia um perfume, por ele se doía. E tanto se deixou, se partiu, que se quebrou: em [...]

07
Apr
2010

1 resposta

Eu odeio o amor

Você já esteve apaixonado? Horrivel não é? Te deixa vulnerável. Te abre o peito e te abre o coração e quer dizer que alguém pode entrar em você e te detonar por dentro. Você constrói todas essas defesas. Constrói uma armadura completa, e por anos nada pode te machucar, aí  uma pessoa estúpida, nada diferente de [...]

29
Mar
2010

responda

Amor, ainda

Quando eu perguntei qual era o sentido de sua vida ele respondeu que o que procurava era o amor, viver procurando por alguém a quem amar, com quem compartilhar. Mas ele não entende nada sobre o amor. Entende sobre inveja, sobre inseguranças, sobre medos. Quando eu digo que os filósofos gregos só falavam besteira sempre [...]

18
Mar
2010

responda


Amor, amor

Amor é fogo que arde sem se ver; É ferida que dói e não se sente; É um contentamento descontente; É dor que desatina sem doer. É um não querer mais que bem querer; É um andar solitário entre a gente; É nunca contentar-se de contente; É um cuidar que se ganha em se perder. [...]



Portfólio

Blog

13
Dec
2010

Daniel E.

“Meu distúrbio, não diagnosticado pelos mais renomados especialistas, não aceito pelos filósofos e religiosos, torna insuportável a minha vida. Todos à minha volta temem a morte, eu temo o nascimento. Devo explicar a minha situação, porque não tenho amigos que saibam dela e pretendo terminar a minha vida de uma forma que me seja familiar [...]

continue lendo

Trançados