Blog

15
May
2010

Povo do Desejo

A tribo agrupada
por eras mui goza,
se aflora em rosa
muito perfumada.

A poesia e o urro,
a dança e o sussurro,
do coito em volta,
sobre a terra nova.

Por muitas estradas,
mui caminhada,
viajou a semente
que por fi’é nascente.

A glória passada
no espelho visada
em nova paixão
ressurge com’antes.

Força à tradição
que em terras distantes
espirais e círculos
em pedra inscreve.

Mares viajou,
não foi-lhes vencida,
a eles devorou,
neles refletida.

Discussão



Portfólio

Blog

13
Dec
2010

Daniel E.

“Meu distúrbio, não diagnosticado pelos mais renomados especialistas, não aceito pelos filósofos e religiosos, torna insuportável a minha vida. Todos à minha volta temem a morte, eu temo o nascimento. Devo explicar a minha situação, porque não tenho amigos que saibam dela e pretendo terminar a minha vida de uma forma que me seja familiar [...]

continue lendo

Trançados