Blog

20
May
2009

Como a vida deveria ser

Não importa a direção, não importa a velocidade
Não importa o motivo, não importa a música
Não importa a causa, não importa a consequência
Importa a dança

Eu chamo minhas tristezas
Eu chamo milhas alegrias
Eu chamo lágrimas e sorrisos
Eu chamo convulsões e sonos
Que dancem comigo

O passo anterior e o passo seguinte não existem
Existe meu passo de agora
Que dancem comigo as confusões e as certezas
Que dancem as lágrimas ao cair
Que cantem os sorrisos

Não importam morais, não importam culpas
Não importam recompensas, não importam sentimentos
Não importam tesouros ou memórias
Que dancem por dançar

Que dancem pelo simples movimento
Que o movimento seja o repouso
Que a dança seja por si só
Com deuses ou demônios
Só por ser dança

Discussão

Ramonn diz:

é tão lindo que nem precisa falar nada :)

Charles diz:

ramonn querendo aparecer em tudo que é lugar, pokbpohkn

Luciaurea diz:

Q lindo isso Cadu!…



Portfólio

Blog

13
Dec
2010

Daniel E.

“Meu distúrbio, não diagnosticado pelos mais renomados especialistas, não aceito pelos filósofos e religiosos, torna insuportável a minha vida. Todos à minha volta temem a morte, eu temo o nascimento. Devo explicar a minha situação, porque não tenho amigos que saibam dela e pretendo terminar a minha vida de uma forma que me seja familiar [...]

continue lendo

Trançados